» » A Festa do Rio voltou...

“As meninas voltaram...” esse foi o grito de alegria pela volta da festa do rio Trairi.

Para aqueles que são filhos, naturais ou adotados, de Boa Saúde ou para aqueles que já frequentaram as festas de fevereiro, assim como é conhecido o período da “Festa da Padroeira” ou Novenário de Nossa Senhora da Saúde, nome oficial adotado pela Igreja, sabe que além das festividades religiosas e sociais, acontece a festa profana. Essa festa profana, ou festa do rio, carinhosamente apelidada pelos seus assíduos participantes (fornecedoras, consumidores e/ou observadores), coloca em ênfase a mais antiga das profissões... a prostituição. Depois de alguns anos de desativação por incursões do Ministério Público, esse ano as “meninas” ou as “primas” pseudônimo usado pra amenizar o termo rapariga, começaram a reativar a festa profana.


A festa profana é realizada as margens do Rio Trairi, precisamente na antiga estrada que ligava a cidade a comunidade do Riacho, ao lado da ponte. No dia primeiro de janeiro, a partir das 16hs, dezenas de pessoas começam a se aglomerar em cima da ponte para esperar a chegada das “meninas”.

Essa festa a cada ano vinha crescendo em quantidade de profissionais do sexo e em seus meios de atender a clientela. Eram ônibus, caminhonetes com divisórias, táxis luxuosos... estava se tornando um espetáculo inenarrável.

No ano de 2011, por ordem do então Secretário de Governo do município, o Conselho Tutelar, comunicou ao Ministério Público a realização da tal festa profana ocorria e que a participação de menores era corriqueira, como consumidores ou fornecedoras.

Um Promotor acompanhado de diversas guarnições de policia compareceu ao local e deflagrou a derrocada da “tradicional festa do rio”, foram apreendidos carros e um ônibus e algumas menores.

Nos anos seguintes, nenhuma profissional compareceu, frustrando aos espectadores e participantes.

No ano passado (2015) apareceram duas valorosas “meninas”, que chegaram ao rio por volta de meia noite, e a luz no fim do túnel foi avistada. Para o bem da reativação da tradição, este ano (2016), precisamente as 17:45, chegou ao rio um Fiat Uno de cor vinho, com placa de Natal, trazendo quatro mulheres profissionais do sexo. Foi um alvoroço, todos correndo pra ponte, homens mulheres e meninos de todas as classes sociais e outros tantos descendo pro leito do rio, eram carros, motos, bicicletas, pessoas a cavalo, uma verdadeira legião de fãs que avidamente aos gritos de felicidade cercaram o Fiat Uno e gritavam em alto e bom som: “As meninas voltaram...”








Postado por FM Boa Saúde

FM Boa Saúde a rádio que deixa você bem informado.
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta