» » » » » Praia de Areia Preta continua imprópria para banho

Praia de Areia Preta
Os banhistas que pretendem curtir o domingo na praia devem evitar a de Areia Preta, única que está imprópria para banho devido à presença de altos índices de coliformes fecais. Quem alerta é o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do RN – IFRN, no boletim de balneabilidade das praias de Natal e Região Metropolitana, divulgado na última sexta-feira (29), em parceria com o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema).

A análise  feita é válida até o próximo dia 05. A praia de Areia Preta, ao lado da praia da Redinha, lidera o ranking das que ficaram mais períodos impróprias para os banhistas em 2013: quatro meses, cada uma. A de Areia Preta, no mês de junho e de setembro a novembro. 

Os banhistas devem ficar em alerta sempre que uma praia estiver sinalizada para imprópria para banho, pois isso significa que apresenta mais de 2.500 coliformes fecais por 100ml de amostra. Neste estado, a água contaminada pode causar doenças como febre, disenteria e cólera, por isso, é preciso ter cuidado, especialmente em relação à saúde das crianças.

A baneabilidade das praias é uma determinação federal. Regulamentado pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama), é da competência do município ou estado promover o monitoramento das praias urbanas e divulgar os resultados para a população. 
No RN, o programa Água Azul é quem realiza esse monitoramento. Todas as sextas-feiras divulga o resultado em boletins no site do programa e envia para as canais de comunicação. A população fica avisada do status da água por meio das placas fixadas nas praias, que podem conter o aviso verde de próprio, ou vermelho, de impróprio.

Locais de monitoramento:

1 - Durante todo o ano
Natal: Redinha, Praia do Forte, Praia dos Artistas, Praia de Areia Preta, Miami, Mãe Luíza, Via Costeira, Ponta Negra
Parnamirim: Rio Pium, Cotovelo, Pirangi do Norte
Nísia Floresta: Rio Pirangi, Pirangi do Sul, Búzios, Tabatinga.
2 - Durante alta estação
Tibau do Sul: Barra de Guaraíras, Pipa, Sibaúma.
Canguaretama: Punto Massimo, Barra de Cunhaú
Baía Formosa: Bacupari, Porto

Fonte: Tribuna do Norte

Postado por FM Boa Saúde

FM Boa Saúde a rádio que deixa você bem informado.
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta