player

» » Boa Saúde - 60 anos

No próximo dia 11 de dezembro, Boa Saúde comemora 60 anos de emancipação política. Quem presenciou esse acontecimento percebe a diferença entre a Boa Saúde de ontem e a Boa Saúde de hoje. 
Foto: José Alai (editada)
A geografia física da cidade era representada, basicamente, pela praça em frente à igreja de Nossa Senhora da Saúde, pela Rua de Baixo, pela Rua de Cima e pela Rua da Bueira.  Essas ruas, logo, passaram a ter nomes em homenagens a pessoas que contribuíram para o crescimento da cidade: Rua Heronides  Câmara, Rua Dr. Mário Câmara e Rua Tenente Adauto Rodrigues da Cunha. A praça recebeu o nome de Nossa Senhora da Saúde. Hoje, a geografia física de Boa Saúde é outra. Conta com várias praças, avenidas e ruas.
Foto: José Alai
Nesses sessenta anos, aconteceram mudanças em vários aspectos da vida da comunidade de Boa Saúde. A energia elétrica, gerada a motor diesel, foi substituída pela energia de Paulo Afonso. A população passou a contar com água encanada, telefone público e residencial, sinal de TV, além de outros benefícios.
Foto: Juciê Gomes
Na educação, além do ensino fundamental (antigo curso primário), a cidade passou a contar com todos os níveis de ensino. Na saúde passou a contar com um hospital/maternidade e a presença de profissionais da área da saúde. Antes a população contava apenas com a assistência de um farmacêutico e de parteiras curiosas.
Hospital de Boa Saúde
O comércio e a prestação de serviços cresceram e se diversificaram.  As bodegas e mercearias deram lugar aos supermercados e mercadinhos bem sortidos. A cidade passou a contar com restaurantes, posto de combustível, lava jato, comércio de material de construção, armarinhos e uma bem concorrida feira semanal.

As estradas de acesso à cidade receberam asfalto e o transporte para Natal, antes feito em determinados dias da semana, passou a ser diário e em diversos horários.

Texto de José Alai (editado)

Postado por FM Boa Saúde

FM Boa Saúde a rádio que deixa você bem informado.
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta