» » » Governo avança nas negociações com policiais civis


Em reunião realizada na tarde desta quinta-feira (29) ficou acordado que o Governo do Estado irá apresentar ao Sindicato dos Policiais Civis e servidores da Segurança Pública do Rio Grande do Norte (Sinpol) um cronograma de curto, médio e longo prazo das ações que podem ser realizadas com base em três eixos de negociação: a melhoria das condições estruturais, a questão salarial e o aumento de efetivo. O Governo do Estado ressalta que o diálogo com a categoria continua aberto e que a proposta será apresentada em nova reunião na próxima terça-feira (3).


A reunião coordenada pelo secretário chefe do Gabinete Civil, Carlos Augusto Rosado, contou com a intermediação da secretária nacional de Segurança Pública, Regina Miki, e com a presença do secretário de Estado da Segurança Pública, Aldair da Rocha, do consultor geral do Estado, José Marcelo e do controlador geral do Estado, Anselmo Carvalho, além da deputada federal Fátima Bezerra e dos estaduais Getúlio Rego, Larissa Rosado, Fernando Mineiro e Márcia Maias da comissão de Direitos Humanos da OAB e de membros do Sinpol.

A secretária nacional de Segurança Pública, Regina Miki, ressaltou a importância de manter uma mesa de negociação aberta e de hierarquizar as prioridades do atendimento dos pleitos da categoria. “Minha proposta é que firmemos um cronograma para o cumprimento de ações em curto, médio e longo prazo contendo os três eixos principais, que podem ser agendados de forma não seqüencial, uma vez que os pontos que demandam impacto financeiro ao Estado devem ser analisados junto à equipe financeira e pactuados em acordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal e a receita do Estado”, pontuou Regina Miki, reforçando a vinda de recursos federais, por meio do programa Brasil Mais Seguro, para a melhoria das instalações físicas de delegacias.

Foto: Vivian Galvão
Fonte: Assecom RN

Postado por FM Boa Saúde

FM Boa Saúde a rádio que deixa você bem informado.
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta